Quero uma doula

O trabalho da doula

Quero ser doula, e agora?

  • Se você decidiu certificar-se como uma Doula, será melhor planejar seu caminho. Aqui estão dicas interessantes para ajudá-la a se preparar.

1. Plano inicial:


Se você pretende se tornar uma Doula, você precisa escolher as organizações de certificação e treinamento que serão melhores para você. Você pode fazer isso fazendo as seguintes perguntas:

  • Quanto tempo eu tenho que dedicar para a formação?
  • Posso viajar para os centros de formação?
  • Eu tenho uma rede de apoio de doulas mais experientes e colegas vindas deste curso?
  • Vou receber uma lista de leitura?
  • Quais são os requisitos para re-certificação ou educação continuada?
  • Quando você tem respostas para estas perguntas, você pode ter uma ideia melhor sobre a melhor organização para você.

2. Escolher a organização certa:
  • Você pode se deparar com muitas organizações que oferecem certificação para se tornar uma Doula.
  • Olhe para a que se encaixa com a sua filosofia de parto.
  • Você pode escolher um curso com programação de treinamento mais longo? Pode ser interessante.
  • Além disso, você também precisa saber sobre o que as doulas podem fazer onde você mora (por exemplo, se podem entrar em hospitais, etc).

3. Entre em contato com outras Doulas:
  • Converse com as pessoas antes de finalizar sua decisão.
  • Você pode ganhar com as informações valiosas de quem já assistiu a aulas para se tornar uma Doula.
  • Informe-se se eles tiveram todos os apoios necessários.
  • Verifique se todas as promessas foram cumpridas após o processo de certificação ser finalizado naquela instituição.
  • Pergunte para pessoas formadas se foi um bom investimento bem fazer aqueles cursos de certificação.
  • Pediram taxas que os surpreenderam na formação ou na fase pós-treinamento para você ser certificada? Consulte.

4. Entre em contato com as clientes:
  • Uma vez que você terminou o treinamento, você pode ter que passar por outro processo demorado. Encontrar um cliente em potencial pode ser uma tarefa fácil, bem como uma tarefa difícil.
  • Se você é um membro das principais organizações, você começar listado nas seções da lista das referências. Você deve deixar as pessoas saberem que você está pronto para o negócio. Levar cartões de visita e entregá-los aos clientes pode ser uma boa maneira de deixar seus clientes sabem sobre você. Estar visível na internet, aparecer em sites de busca, participar de rodas de gestantes, workshops na área também ajudam.

5. Procure Apoio:
  • Uma vez que você embarcou em seu caminho, você precisa de apoio emocional, bem como mental, de outros doulas.
  • Você pode entrar em contato com os grupos de doula ou pode começar um você mesmo.
  • Você pode encontrar informações on-line sobre doulas e como eles ter uma certificação que valha a pena.
  • Você pode até mesmo participar de conselhos públicos de discussão para encontrar respostas para suas perguntas.
  • Leia histórias escritas por doulas e parteiras e recolher toda a informação vital que irá ajudá-lo a se tornar uma doula.

6. Quanto ganha uma Doula?

  • Na maioria dos casos, pode não ser possível contar com esta profissão exclusivamente para sustentar a família durante os primeiros anos. A maioria das mulheres se tornam doula para complementar sua renda, e somente com o tempo isso se torna profissão principal.
  • Algumas mulheres são apaixonadas por ajudar as famílias com as informações necessárias, assim, optam por se tornar uma Doula às vezes voluntariamente.
  • Algumas também complementam sua renda através da realização de aulas de parto, palestras, massagens, rodas de gestantes, enquanto alguns são treinados como consultores de aleitamento por exemplo, especialistas em baby-wearing, etc.

7. Saiba a diferença entre parteiras e doulas:

  • Doulas e parteiras não são as mesmas, embora eles possam trabalhar em conjunto.
  • Parteiras possuel graduação em obstetrícia ou enfermagem e só atendem gestações e parto de risco habitual ou baixo risco.
  • A doula, por outro lado, oferece apoio físico, emocional e físico para a mãe e a família, antes, no decorrer do trabalho de parto e durante as sessões de suporte pós-parto.
  • Ser uma doula é uma ótima maneira de ajudar uma família levar para casa satisfação com o parto. É uma profissão de muita entrega, que exige o seu tempo e atenção, bem como o seu amor e apego emocional.
  • Desejamos-lhe sucesso e realização na sua decisão de revelar-se doula.
  • Se você já é uma doula, ou conhece alguém seja, entre em contato e compartilhe suas experiências conosco.